Filosofias

YuYu Hakusho: Uma Lição de vida que podemos aprender!

Introdução

“Yu Yu Hakusho” é um anime e mangá criado por Yoshihiro Togashi. Lançado na década de 1990, a história segue Yusuke Urameshi, um adolescente delinquente que morre salvando uma criança. Surpreendentemente, Yusuke recebe uma segunda chance para retornar à vida, mas agora como um Detetive Sobrenatural. Ao longo da série, ele enfrenta desafios, luta contra seres poderosos e desenvolve habilidades espirituais. “Yu Yu Hakusho” é considerado um clássico do gênero shonen.

Contextualizando

Na última temporada, Yusuke estava desanimado com a vida, pois havia derrotado Sensui, até então, o vilão mais forte que ele já havia encontrado, e por isso não enxergava mais ninguém a sua altura, fazendo com que ele pensasse em ir ao mundo das trevas onde encontraria outros demônios muito mais fortes. Mas ao mesmo tempo também não queria ir embora da terra, pois lá estavam as pessoas que ele mais amava.

Em seguida, Yusuke recebe um convite de seu pai (demônio) para se juntar a ele no mundo das trevas e lutar em um torneio, então nosso protagonista decide seguir viagem, mas antes de ir, Yusuke se reúne com as pessoas que mais amava e faz uma promessa para cada uma delas, dizendo que em 3 anos voltaria muito mais forte.

Seu melhor amigo Kuwabara que sempre foi um péssimo aluno, devolve com outra promessa, dizendo que iria estudar muito para passar em uma prova e conseguir qualificação em uma escola melhor. Já sua namorada Keiko prometeu que iria esperá-lo, além de também se dedicar aos estudos.

Opinião

O que é sucesso?

  Obviamente as pessoas possuem metas, sonhos e objetivos de vida diferentes, então como podemos definir de uma forma padronizada o que é ser bem-sucedido?

   Para mim a resposta é clara, sucesso é realizar seus objetivos individuais, quando estabelecemos uma meta de vida e alcançamos, chegamos ao sucesso, independente de ser riqueza, minimalismo, conhecimento ou uma aparência específica.

Os objetivos dos 3 personagens estavam estabelecidos, para Yusuke se tornar mais forte e retornar à terra após 3 anos, para Kuwabara, passar na prova e estudar em uma escola melhor, para Keiko aguardar o retorno de Yusuke e também estudar em escolas melhores.

    Eu não quero aqui começar com um papo de coach sobre “aproveitar o caminho”, ou pior ainda, “trabalhe enquanto os outros dormem”, que inclusive é um dos discursos que eu mais odeio na minha vida, afinal, ninguém é produtivo sem o mínimo de energia. Mas existe um valioso ensinamento que podemos tirar do anime. Como os personagens respeitaram o tempo necessário para realizar um objetivo, 3 anos não são 3 meses, as pessoas fazem loucuras para alcançar metas, e por isso acabam desistindo em pouco tempo. 

    A questão é que quando nos doamos muito, acaba sendo um sacrifício, e ninguém aguenta investir muito tempo, muita energia e até muito dinheiro sem esperar um retorno breve. As  pessoas precisam entender que existe um processo natural, e quando elas percebem que mesmo se sacrificando todos os dias o resultado não vem, é quando desistem.

   Meu conselho é que respeite seu corpo e seus limites, a ponto de fazer o necessário para realizar seus objetivos pelo tempo que for preciso. Foi assim que funcionou comigo, precisei de três anos para sair de um corpo gordo para um corpo estético, foram 5 anos para ter ótimos resultados profissionais e mais de 1 ano para conseguir entender uma conversa em outro idioma.

   Se você acha que 3, 4 ou 5 anos é muito, significa que não comparou com a média de tempo que vivemos, já parou pra pensar que se precisarmos de 5 anos para realizar um objetivo, vamos viver muito mais que isso aproveitando o benefício de ter alcançado essa meta?

    Uma vez vi um conselho que dizia:

“Não deixe de começar algo por achar que vai demorar tempo demais, os anos irão passar de qualquer jeito, então que passe com você realizando seus objetivos”.

  Comentem aqui embaixo, vocês costumam realizar seus objetivos ou a procrastinação vem forte? XD

Elaborado por Rafael Munhoz e Samuel Piroupo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *